Roberta Sudbrack: Reflexões & Práticas / Casa do Saber – Rio de Janeiro (Parte 1)

Em 2014 tivemos o prazer de participar das Reflexões (Casa do Saber) & Práticas (Restaurante RS) da queridíssima Roberta Sudbrack.

Roberta Sudbrack Casa do Saber 1A primeira parte dos dois encontros consistia em uma conversa bem bacana sobre sua carreira, seus métodos e formas de criação e criatividade. E claro, teve também uma pequena degustação, piadas e muitas risadas!

“Busco realizar uma culinária que, embora marcadamente brasileira, esteja conectada com as melhores gastronomias mundias.” Roberta Sudbrack

Roberta Sudbrack Casa do Saber 2A segunda parte (que eu conto em outra postagem) foi um tour no seu premiado restaurante, com direito a passajem pela cozinha, livro autografado e tudo mais, e o melhor, um pequeno menu Experiência Sudbrack.

Roberta Sudbrack Casa do Saber 3Roberta Sudbrack Casa do Saber 4Semente de Jaca cozida, cacau em pó, flor de sal e flores para decorar.

Roberta Sudbrack Casa do Saber 5Roberta Sudbrack Casa do Saber 6“Chocochuchu” Trufa de chocolate da ilha de Combu com chuchu cristalizado.

Restaurante Roberta Sudbrack 5E não percam a próxima postagem, com tudo sobre o almoço no RS.

Assistam o Video e conheçam um pouco mais dessa super personalidade:

  

Roberta Sudbrack: Reflexões & Práticas / Restaurante RS – Rio…

Como contei na outra postagem, eu e minha mãe tivemos o prazer  de participar das Reflexões (Casa do Saber) & Práticas (Restaurante RS) da queridíssima Roberta Sudbrack. Nesta postagem mostro a segunda e melhor parte da programação: O almoço!

Restaurante Roberta Sudbrack 3O restaurante divide muitas opniões pela internet, uns amam, outros odeiam, uns a compreendem, outros nem tanto. Confesso que eu estava com as expectativas dividas, muitos restaurantes aclamados no Rio de Janeiro não fizeram a minha cabeça, mas depois de conhece-la pessoalmente na Casa do Saber, eu sabia que nada iria passar em branco.

Restaurante Roberta Sudbrack 4Restaurante Roberta Sudbrack 5O Restaurante surpreende bastante, uma mistura entre clássico, rústico e refinado. Tudo milimetricamente arrumado, impecável.

Restaurante Roberta Sudbrack 6E assim também estava a cozinha. Pequenina e muito eficiente.

Restaurante Roberta Sudbrack 7O cardápio do almoço, cuidadosamente assinado!

Restaurante Roberta Sudbrack 8Tudo começou com o Gougéres, vulgarmente conhecido como pão de queijo francês, feito com massa choux e queijo gruyére, fresquinhos, quentinhos e deliciosos.

Restaurante Roberta Sudbrack 9Restaurante Roberta Sudbrack 10Junto com a manteiga com flor de sal e um pão fresquinho, chegou o vinho Siglo de Oro, um Chardonnay espetacular da vinícola Santa Helena, perfeito para abrir o show.

Restaurante Roberta Sudbrack 11Em seguida recebemos o Tartare de Abóbora, textura e cor perfeita e um leve sabor a gengibre.

Restaurante Roberta Sudbrack 12Tivemos a sorte de pegar a mesa ao lado da cozinha,  para quem ama gastronomia, esse foi um super bônus.

Restaurante Roberta Sudbrack 14Pargo com molho de Jambú e limão-cravo. Peixe suculento e sabores suaves.

Restaurante Roberta Sudbrack 15O próximo vinho foi um Cabernet Sauvignon também Siglo de Oro da Santa Helena, intenso e persistente em boca.

Restaurante Roberta Sudbrack 16 Restaurante Roberta Sudbrack 17Seguimos para a Costelinha de Porco com mel de abelhas nativas e repolho defumado. Carne muito macia e sabor hiper suave.

Restaurante Roberta Sudbrack 18Roberta e sua fiel escudeira, Lidia, finalizando as sobremesas.

Restaurante Roberta Sudbrack 19“Sopa de pão doce do meu avô”, brioche, doce de leite, leite queimado e creme inglês. Tudo com gostinho de quero mais (tipo uma panela, hehe).

Restaurante Roberta Sudbrack 21Os brigadeiros sendo preparados para finalizar o jantar junto com o cafezinho orgânico.

Restaurante Roberta Sudbrack 22Yummy!

Restaurante Roberta Sudbrack 23Minha Mãe linda e a Roberta.

Restaurante Roberta Sudbrack 20Uma honra estar ao lado dessa pessoa humilde, batalhadora e de um talento inigualável.

Restaurante RS
Avenida Lineu de Paula Machado, 916.
Jardim Botânico, Rio de Janeiro.
Telefone: +55  (21) 3874 0139
robertasudbrack.com.br


CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO

As postagem refletem somente a opinião dos autores do blog conforme a experiência no restaurante ou estabelecimento. Todas as dicas deste blog seguem um critério pessoal.

Para a avaliação são usados nossos conhecimentos e experiências vividas, tanto no Brasil e Argentina como nos anos morados na Europa (França, Inglaterra e Espanha) e os mais de 15 países visitados ao longo do tempo. Nossas avaliações também refletem nossa experiencia de anos trabalhando em restaurantes, hotéis e confeitarias de todo o mundo.

 

  

4º Concurso de Receitas Nutritivas QuantyVitta

Quantyvitta 1

O La·Mère foi convidado novamente pela QuantyVitta para participar do 4º Concurso de Receitas Nutritivas, seremos juradas nas categorias de Criatividade, Sabor e Praticidade.

A receita deve ser enviada até o dia 13/08/2015 para o e-mail revenda@quantyvitta.com.br. Além da receita é imprescindível enviar: Nome completo, Telefone, CPF e Endereço completo.

Entre os dias 21/08/15 e 18/08/15 nós estaremos executando as 3 receitas finalistas e no dia 01/09/2015 será divulgada a vencedora ou vencedor do concurso.

Clique no link e confira o regulamento do IV Concurso de Receitas Nutritivas QuantyVitta e saiba como participar. www.quantyvitta.com.br/regras-concurso

E se faltar inspiração, corre lá na nossa receita de Bolo com Goji Berry ou nas receitas vencedoras do ano passado:

1º Lugar: Torta de Frutas
2º Lugar: Pão de Chia com Maça e GojiBerry
3º Lugar: Barrinha Nutritiva de GojiBerry

Participe e Boa sorte!

  

Páscoa 2014: Ariel Lettieri – Sofitel Rio de Janeiro

Nesta postagem, deliciosa, vou mostrar para vocês um pouco dos bastidores da Páscoa do Hotel Sofitel Copacabana do Rio de Janeiro comandada pelo Chef Ariel Lettieri. Pelo segundo ano consecutivo, tenho o prazer de participar e ajudar um pouquinho na produção e organização do grande dia.
Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 16Foto oficial do “Ovo de Páscoa” entregue aos hospedes do hotel, este foi o de 2013.

Máquina para Chocolate - Pomati 2

Máquina para Chocolate - Pomati 1Essa máquina da Pomati atempera o chocolate e você mesmo programa toda a temperatura, tanto de derretimento como de trabalho. Super silenciosa e eficiente.

Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 3Chocolate Cacao Barry Tanzanie Origine Rare com 75% de cacau. Muito bom para trabalhar com chocolates de molde e corte, sabor bem intenso de cacau com matizes frutadas e um leve toque acido. Funciona super bem para pinturas com compressor pois tem boa fluidez.

Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 1Reparem no brilho que ficou as casquinhas dos ovos! Chocolate quando fica opaco nem sempre é porque é de má qualidade e sim porque foi mal trabalhado, mal temperado.

Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 6
Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 5Produção a mil!

Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 7Concentrados, trabalho super manual. Olha eu ali, de costas!

Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 8Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 9 Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 10 Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 11Bombons de Gengibre, Trufas de Chocolate, Bombons de Pistache e Financier de amêndoas, Macarons, Crocante de amêndoas, Guimauve, tudo para rechear nossos “ovos” de Páscoa.

Páscoa Chocolate - Ariel Lettieri 15Obra de Arte finalizada!

  

Visita & Degustação: Vinícola Chandon – Garibaldi

Visitamos a Vinícola Chandon no dia 13 de abril, uma segunda-feira fresquinha e ensolarada, clima típico do outono gaúcho. A vinícola fica entre as cidades de Bento Gonçalves e Garibaldi e é responsável por todo Chandon comercializado no Brasil, nenhum espumante fabricado aqui é exportado.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 2A Chandon chegou ao Brasil em 1973 e implementou os mesmos princípios e padrões de qualidade que tornaram os seus champanhes famosos no mundo inteiro.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 1Em seus vinhedos, são cultivadas cepas de Chardonay, Pinot Noir e Riesling Itálico. As videiras são plantadas verticalmente, permitindo o melhor aproveitamento de luminosidade natural e ventilação.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 3
A vista é maravilhosa e o tour começou ali mesmo. Fomos recepcionados no estacionamento e levados a esta “sacada”, bem de frente para o vinhedo. Além destes, a Chandon, tem parceria com viticultores da região para dar conta de toda a demanda. - Na foto, minha cunhada Ana Paula, meu irmão Arthur, eu e meu marido Ariel.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 6Nosso guia foi o Lucas, educado e atencioso, tudo bem explicado e detalhado.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 7A produção dos espumantes é feita pelo método Charmat, tendo a segunda fermentação em tanques, este método é usado para que as borbulhas sejam pequenas e não agridam ao paladar.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 9Outro fator que garante que as borbulhas sejam pequenas é o contato permanente com as leveduras, os tanques mantém uma agitação suave, que garante a qualidade final do produto.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 11A Chandon de Garibaldi conta com quatro enólogos, o chefe é o Philippe Mével, que iniciou sua carreira em 1987 na Maison Moët & Chandon e está há 20 anos radicado no Brasil.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 10A sala estava preparada para os enólogos fazerem as degustações.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 4O laboratório.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 8A visita termina no processo final, o engarrafamento.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 12Chandon Brasil Bento Gonçalves 13Chandon Brasil Bento Gonçalves 14A degustação é feita na loja dentro da vinícola, os preços são bem mais amigáveis que nos mercados, vale a pena comprar!

Chandon Brasil Bento Gonçalves 15Começamos com o Chandon Réserve Brut, espumante natural branco brut, feito com uma “assemblage” das uvas Chardonnay, Pinot Noir e Riesling Itálico.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 16De cor amarela e reflexos dourados, bem aromático, perfeito para acompanhar aperitivos ou toda a refeição, incluindo suhis e sashimis.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 17Seguimos para o Chandon Brut Rosé, espumante natural rosé brut, feito também com uvas  Pinot Noir, Chadonnay e Riesling Itálico. Tem aroma de morango e cereja e paladar aveludado, perfeito para acompanhar pratos refinados, saladas, carpaccios e sobremesas não muito doces, perfeito como aperitivo ou para ser desfrutado a noite inteira.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 18 Chandon Brasil Bento Gonçalves 19Os próximos foram o Excellence Cuvée Prestige, espumante natural branco brut (considerado o melhor espumante natural das Américas) e o Excellence Rosé Cuvée Prestige, espumante natural rosé, os dois feitos a partir de uvas Chardonnay e Pinot Noir.

O primeiro, com notas de frutas cítricas, avelãs e especiarias. Harmoniza com frutos do mar, queijos leves, carnes e sobremesas. O segundo tem aroma de frutas vermelhas e negras e toques de frutas secas, perfeito com cogumelos, vieras, peixes, aves e queijos meio-fortes.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 20O meu preferido, Chandon Riche Demi-Sec, elaborado com Riesling Itálico, Chardonnay e Pinot Noir. De cor amarela dourada, com aromas de laranja e frutas secas com toque de mel. Acompanha muito bem sobremesas, queijo de mofo azul, peixes e massas com molho branco.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 22O último, mas não menos importante, foi o Chandon Passion Rosé Demi-Sec. Espumante meio doce, elaborado com um “assemblage” das variedades Malvasia Cândia, Moscato Canelli e Pinot Noir. De cor levemente salmão e aromas frutados que lembram maracujá, pêssego, lichia, jambo e toques florais.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 21Harmoniza com salmão, sobremesas e saladas de frutas tropicais. Costuma ser servido como aperitivo com pedras de gelo para dar maior refrescância e suavidade. Também combina com momentos românticos e agrada principalmente o publico feminino.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 23E assim terminou a nossa maravilhosa manhã! Entre a visita e a degustação, estivemos mais de duas horas, e queríamos continuar ali, comprar um espumante e desfrutar deste lugar maravilhoso, mas eles infelizmente ainda não oferecem este tipo de serviço.

Chandon Brasil Bento Gonçalves 25As visitas funcionam de segundas às sextas-feira das 8:15 as 16:15 e sábados das 9:15 as 15:15 com limite máximo de 12 pessoas. A visita e a degustação são gratuitas mas precisam ser agendadas com antecedência.

 
Vinícola Chandon
RST 470 – Km 224
Vale dos Vinhedos, Garibaldi – Rio Grande do Sul, Brasil
+55 33884400
dchesini@chandon.com.br e jsarmento@chandon.com.br
www.chandon.com.br