Torta Folhada de Tomate e Pesto

Torta Folhada de Tomate e Pesto

Torta Folhada de Tomate e Pesto

Tempo de Preparo

1 hora

Rendimento

2 porções

Custo

Médio

1 pacote de Massa Folhada
semi-laminada (400gr)
1 gema
1 caixinha de Tomate Cherry
1 maço de Manjericão
50 gramas de queijo grana padano
20 gramas de pinolis
2 dentes de alho
4-5 colheres (sopa) de Azeite de Oliva
q/n de sal
1/n de pimenta do reino

Preaqueça o forno a 220º C. Em uma mesa com um pouco de farinha, abra a massa folhada com a ajuda de um rolo de amassar, deixe a massa com 0,5cm de altura (pule esta etapa, se você comprar a massa folhada em rolo, já aberta na espessura correta). Com uma faca lisa, corte a massa em formato retangular (corte a massa como se a faca fosse uma guilhotina, jamais arraste a faca para cortar massa folhada). Com a mesma massa, faça um segundo retângulo dentro da massa, deixando 1,5cm de borda, não corte, faça somente uma “cicatriz”. Dentro deste segundo retângulo, fure toda a massa com um garfo. Transfira a massa para uma forma antiaderente (se for da comum, usar papel manteiga), para facilitar o transporte, dobre a massa em três, assim ela fica mais firme e você não corre o risco de danifica-la. Por último, pincele a borda com a gema e leve ao forno até folhar e dourar .

Enquanto a massa esta no forno, faça o molho pesto. Em um mini processador, processe o pinolis o queijo e o alho, triture bem. Acrescente as folhas de manjericão lavadas e secas e umas 4-5 colheres de azeite, se necessário coloque mais azeite, mas não muito, para não se separar dos demais ingredientes, deixe formar uma pasta.

Lave e seque os tomates, corte em metades e reserve. Retire a massa folhada do forno e passe o pesto no retângulo do meio, sem atingir as bordas, posicione os tomates e leve para assar por mais 4-5 minutos, retire do forno e sirva ainda quente.

  

Cheese Cake de Morango

.

Dica La·Mère:  Esta receita funciona melhor com o Cream Cheese Philadelphia Original, outra dica importante é usar o creme de leite fresco com 35% de gordura, por ser mais incorporado. Usamos a bolacha de leite maltado da Piraquê, o importante na bolacha é usar a mais seca possível, mas você pode usar uma de sua preferencia. Na decoração foi usado Ouro em Pó 23k comestível.

Veja a foto do passo a passo na nossa página do Facebook:
www.facebook.com/lameregastronomie-cheesecake

Cheesecake de Morango

Tempo de Preparo

1 e 1/2 hora

Rendimento

6 porções

Custo

Médio

Base:
200 gramas de bolacha de Leite Maltado*
75 gramas de manteiga

Creme:
600 gramas de Cream Cheese*
180 gramas de açúcar
1-1/2 limão (suco)
1 fava de baunilha
210 gramas de ovos
220 gramas de creme de leite fresco 35%*

Triture a bolacha, acrescente a manteiga derretida e misture até homogenizar. Forre a base de uma assadeira redonda com fundo falso com a mistura de bolacha e manteiga, tente deixar o mais firme possível, fazendo bastante pressão com o fundo de uma colher de sopa. Reserve.

Em uma tigela, coloque o cream cheese e trabalhe ele para que fique cremoso. Acrescente o açúcar, o suco de limão e as sementes da fava de baunilha e misture. Logo, acrescente os ovos pouco a pouco, misturando com uma batedor de arame e por ultimo o creme de leite. Misture até homogenizar. Verta toda a mistura de cream cheese na forma com o fundo de bolacha e leve para assar em forno preaquecido à 200ºC por aproximadamente 40 minutos ou até obter uma cor dourada.

Deixe esfriar e coloque na geladeira de um dia para o outro. Desenforme, coloque uma pequena quantidade de coulis de morango ou geleia de sua preferencia e decore com morangos frescos.

Coulis de Morangos

Tempo de Preparo

20 minutos

Rendimento

450 ml

Custo

Baixo

450 gramas de morangos
1/2 xícara (chá) de açúcar
1 limão ( raspas e suco)
3 colheres de mel
1 colher (sopa) de manteiga

Lave bem os morangos e bata-os no liquidificador. Leve ao fogo uma panela com o açúcar e o mel, mexa até o açúcar estar bem derretido, acrescente os morangos batidos, deixe ferver por 5 minutos retirando um pouco da espuma que se forma na superfície e mexendo sempre. Quando estiver com consistência espessa desligue o fogo e coloque a manteiga, as raspas e o suco do limão. Espere esfriar e sirva.

  

Torta de Chocolate Belga

Esta torta de chocolate fica ainda melhor se acompanhada de um bom sorvete de creme ou chocolate branco. Para os amantes de chocolate, ela pode ser feita somente com chocolate amargo 70% e acompanhada de um bom café no meio da tarde, ou assim, mais suave, serve como uma bela opção de sobremesa.

Torta de Chocolate Belga 2

Torta de Chocolate Belga 1

Torta de Chocolate Belga 4

Torta de Chocolate Belga 3

Torta de Chocolate Belga

Tempo de Preparo

1 hora e 1/2

Rendimento

10 porções

Custo

Médio

150 gramas de bolacha de leite maltado de chocolate
35 gramas de manteiga amolecida
250 gramas de queijo mascarpone
100 gramas de creamcheese
100 gramas de creme de leite
2 ovos grandes
50 gramas de açúcar
150 gramas de chocolate ao leite belga 33,6%
50 gramas de chocolate amargo belga 50,7%
q/n de chocolate em pó extra brute 100%

Ligue o forno a 175º graus, triture a bolacha e misture com a manteiga amolecida, com essa mistura preencha o fundo de uma forma de aro removível com 23 cm de diâmetro, asse por 5 minutos, retire do forno e aumente a temperatura para 190º graus, na batedeira bata o mascarpone com o creamcheese e o creme de leite, até ficar bem homogêneo, adicione os ovos e o açúcar e bata bem, derreta o chocolate em banho-maria e junte ao creme de queijos, misture bem para homogeneizar, coloque o creme na forma preparada com a bolacha e leve ao forno por 50 a 60 minutos. Deixe esfriar de um dia para o outro na geladeira, desinforme e sirva, se preferir acompanhado de chantilly ou sorvete de sua preferência.

Dica Là Mere

Você pode perfeitamente trocar os chocolates por uma marca de sua preferencia, nós usamos, nesta receita, os chocolates da marca Callebaut. Você também pode fazer a receita em uma forma menor, para a torta ficar mais alta. A última dica é sobre a bolacha que usamos, a bolacha de leite maltado da marca piraquê costuma ficar muito boa para esse tipo de preparação, nós deixamos de lado a tradicional de maisena por esta, já que ela fica mais sequinha e não umedece na geladeira, mas você pode usar a de maisena e adicionar um pouco de chocolate em pó e obter um resultado similar.

  

Panna Cotta Floresta Negra

A Panna Cotta (nata cozida em italiano) é uma sobremesa típica de Piemonte, uma região do norte da Itália. Tradicionalmente é feita com creme de leite, açúcar, gelatina e especiarias, especialmente a canela. Consome-se sozinha com compotas ou com frutas frescas. Nossa versão feita no copinho leva um pouco de rum branco e raspas de laranja e é finalizada com uma deliciosa compota de cereja e raspas de chocolate belga.

Panacota Floresta Negra

Panna Cotta Floresta Negra

Tempo de Preparo

30 minutos

Rendimento

8 porções

Custo

Médio

3 colheres (chá) de gelatina incolor
600 gramas de creme de leite fresco
150 ml de leite
150 gramas de açúcar
raspas de 1 laranja
2 colheres (sopa) de rum branco

Hidrate a gelatina em 3 colheres (sopa) de água fria até ficar com consistência esponjosa. Em uma panela grande coloque para ferver o creme de leite e o leite, deixando ferver por cerca de 5 minutos ou até que reduza 1/3. Retire a panela do fogo, acrescente e mexa o açúcar e as raspas de laranja, junte a gelatina mexendo até dissolver. Deixe esfriar e misture o rum. Monte os copinhos usando 2 colheres da compota de cereja, complete com a panna cotta, deixando uma borda de 1 dedo, cubra com filme plastico e leve para gelar, no momento de servir coloque raspas de chocolate por cima.

Compota de Cereja

Tempo de Preparo

30 minutos

Rendimento

6 porções

Custo

Médio

200 gramas de cereja fresca
200 gramas de açúcar
200 gramas de água

 

Coloque a água e o açúcar em uma panela em fogo médio, deixe ferver até virar uma calda espessa, enquanto isso retire as sementes das cerejas, assim que a calda estiver espessa junte as cerejas e deixe em fogo baixo por mais ou menos 20 minutos, ou até que as cerejas estejam macias. Deixe esfriar e utilize como preferir.

  

Brochette Caprese com molho Pesto

A brochette caprese é inspirada na famosa salada Italiana, Insalata Caprese. Uma salada simples, feita com tomate, muçarela fresca e manjericão. Ganhou este nome pela ilha de Capri onde originalmente era servida como entrada e não como acompanhamento. Existe várias versões dessa deliciosa salada e esta brochette é uma delas.

Brochete Caprese 1

Brochette Caprese

Tempo de Preparo

10-15 minutos

Rendimento

20 unidades

Custo

Médio

20 unidades de Tomate Cherry
10 unidades de Muçarela fresca (Búfala ou Vaca)
10 unidades de azeitonas pretas
1 maço de manjerição
20 palitinhos

No palitinho espete uma folha pequena de manjericão, logo o tomate e em seguida uma folha média de manjericão. Espete então a metade de uma azeitona preta e uma folha grande de manjericão. Finalize espetando a metade de uma muçarela. Sirva com o molho Pesto.

Dica Là Mere

Use palitinhos de boa qualidade, isto mudará o visual deste aperitivo tão simples.

Molho Pesto Tradicional

Tempo de Preparo

15 minutos

Rendimento

1 1/2 xícara

Custo

Médio

2 dentes de alho
2 maços de manjericão
4 colheres (sopa) de pecorino ralado
8 colheres (sopa) de Parmegiano Reggiano ralado
2 colheres (sopa) de pinoli
12 colheres (sopa) de azeite de oliva
q/n sal grosso

Coloque em um pilão os dentes de alho e uns grãozinhos de sal grosso, amasse bem até virar uma pasta homogênea, acrescente então 1/3 do manjericão e mais uns grãozinhos de sal grosso, amasse bem, coloque mais uma parte do manjericão e mais um pouquinho de sal grosso, amasse novamente e acrescente o restante do manjericão amassando sempre, quando o manjericão já estiver bem triturado, coloque o pinoli, depois da mistura estar bem lisa e brilhante acrescente o azeite de oliva e os queijos e misture.

Dica Là Mere

Se você não tiver pilão, você pode fazer em um processador de alimentos, mas deixe para colocar o manjericão por último, antes de misturar os queijos. Assim você evita que a lâmina oxide as folhas e ainda mantém a cor verde do manjericão.