Visita & Degustação: Vinícola Salentein – Mendoza

A VINÍCOLA

Bodega Vinícula Salentein 1-1

Aliando arquitetura e vinhos modernos a vinícola Salentein foi idealizada levando em conta sua forma e função, reduzindo o tempo de percurso da uva e do vinho dentro da própria vinícola. Foi feita em forma de cruz, para que cada uma das quatro pontas tivessem uma pequena “bodega” com dois níveis de altura. No primeiro andar, ficam os tanques de aço inoxidável e os de carvalho francês, que possibilitam a fermentação e o armazenamento.

Bodega Vinícula Salentein 4-1

Logo, por gravidade, o vinho desce para o segundo andar, onde passa pelo processo de envelhecimento nas barricas.

Bodega Vinícula Salentein 8-1

Além disso, a junção dessas quatro alas dá espaço a uma espécie de anfiteatro em forma circular. Uma vez por ano, neste local, a vinícola oferece concertos de música clássica para seus melhores clientes e investidores.

Bodega Vinícula Salentein 3-1

Além de produzir vinhos, a empresa também conta com uma pousada, que fica rodeada de plantações e vinhas da própria vinícola. Também tem um restaurante, o Kilka e uma galeria de arte.

A LOCALIZAÇÃO

A vinícola Salentein fica situada na parte alta do Vale do Uco e dos Andes, e possui vários vinhedos com diferentes altitudes. Instalada a mais de 10 anos no lugar, a vinícola foi a primeira a elaborar vinhos Premium na região. O vale fica a 100 km da cidade de Mendoza, e está formado pelos departamentos Tupungato, Tunuyan e San Carlos. O vale sempre teve uma intensa atividade agrícola, especialmente de cerejas, amêndoas, nozes, avelãs, frutas e legumes. Mas os pioneiros da viticultura “mendocina” descobriram um enorme potencial para as terras altas. A quase 1500 metros sobre o nível do mar, as cascas (peles) da uva podem ser até 15% mais grossas, a cor fica mais intensa e os aromas minerais se intensificam nos vinhos desta região

Bodega Vinícula Salentein 15-1

OS VINHOS

A Vinícola Salentein tem uma linha de vinhos produzidos em pequena escala, elaborados a partir dos melhores e mais altos vinhedos do Vale do Uco. O enólogo responsável é José Pepe Galante, um dos mais importantes enólogos da Argentina. Depois de passar 30 anos trabalhando em Catena Zapata, Pepe, seguiu para novos desafios e encarou a Salentein. Sua primeira providencia foi criar um departamento de pesquisa de aroma, solos e microclimas, desta forma conseguiu identificar uma relação entre percepção sensorial e a composição química dos vinhos provenientes de diferentes altitudes.

Linhas de Luxo

A linha de Luxo da vinícola consiste em vinhos estruturados e elegantes, se caracterizam por sua cor intensa e profunda e pela complexidade dos aromas e sabores. Todos vinhos desta linha passam por envelhecimento em barrica de roble francês

Salentein Pr1mus
É o vinho ícone da casa, elaborado com uvas de vinhedos que expressão a melhor adaptação. As uvas proveem de partes selecionadas dos vinhedos de diversas alturas. É uma edição limitada que se elabora somente em colheitas onde se obtêm vinhos de qualidade excepcionalmente superior.

Salentein Single Vineyard
Vinhos 100% varietais, que proveem de um único vinhedo da zona mais alta do Vale do Uco.

Salentein Numina
Vinho de corte que expressa o espirito dos vinhedos Salentein, elaborado com as melhores uvas Malbec e Merlot.

Linha de Reserva

Esta é a linha de Varietais da Vínicola, entre eles estão: Malbec, Merlot, Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, Sauvignon Blanc e Chardonnay.

Salentein Reserve
Varietais provenientes dos vinhedos que ficam entre os 1050 e 1700 metros, com solos pedregosos, grande amplitude térmica, ótima exposição solar e água pura de desgelo dos andes. Dando condições ideais para elaborar vinhos que são a máxima expressão do Vale do Uco.

Linha Jovem

O conceito desta linha é elaborar “vinhos premium” com uma personalidade jovem e moderna, onde predominam os sabores e aromas da fruta fresca. São linhas enovadoras que se destacam por suas cores brilhantes e intensas e sua agradável sensação ao paladar.

Killka Salentein Wine Art
Varietais elaborados com uma seleção de diferentes vinhedos. Esta linha se destaca por seu caráter frutal e boa estrutura. Este resultado é obtido ao elaborar vinhos 100% varietais por meio de cortes selecionados de diferentes alturas e solos, conseguindo uma melhor expressão de Terroir.

Portillo
Os vinhos receberam este nome de uma montanha que fica entre as Cordilheira dos Andes e o Vale do Uco. Portillo é a melhor forma de ingressar através do vinho ao fascinante Terroir do Vale do Uco. É um vinho jovem e distinguido, que expressa em cada um dos seus varietais, a cor, o aroma e um sabor especial dado pela tradição da vinícola, com um estilo pessoal e próprio.

Espumantes

Os espumantes da vinícola são 100% elaborados com uvas do Vale do Uco, zona fria que permite obter vinhos da mais alta qualidade.

Saleintein Cuvée Spéciale Extra BrutSaletein Cuvée Brut Nature
Feitos com as melhores uvas do vinhedo. De cor oro brilhante e atrativo que revela o tom particular do Pinot Noir. Apresenta um aroma fresco e expressivo que recorda maçã e cítricos verdes com uma delicada nota tostada. É uma mistura de 65% de Chardonnay e 35% de Pinot Noir.

Saletein Brut Nature Méthode Tradicionnelle
Este espumante clássico é feito de maneira tradicional (método Champenoise) com de 60% Pinot Noir, 10% Pinot Meunier e 30% Chardonnay, sendo sua segunda fermentação dentro da garrafa durante 15 meses.

A VISITA

Bodega Vinícula Salentein 9-1

Bodega Vinícula Salentein 7-1Esta é a área entre as 4 alas ou “bodegas” que comentei no começo da postagem. Aqui, entre as barricas, se realizam os concertos de música clássica. Muitos acreditam que isso influencia na qualidade do vinho e muitas vinícolas tocam este tipo de música diariamente para os vinhos que estão em processo de envelhecimento.

Bodega Vinícula Salentein 10-1Está é a sala de degustação/reunião de Enólogos.

Bodega Vinícula Salentein 11-1Logo após a visita, começamos com a degustamos de três vinhos.

Bodega Vinícula Salentein 14-1O primeiro vinho da degustação foi o Salentein Reserve Chardonnay. Reserve é a linha de varietais da Vinícola.

Bodega Vinícula Salentein 13-1O segundo vinho da degustação foi um Merlot, também da linha de varietais da Reserve.

Bodega Vinícula Salentein 12-1E para finalizar, o Cabernet Sauvignon, também da mesma linha. Para mim foi um pouco inesperado e decepcionante, apenas três vinhos e os três da mesma linha. Esperava um pouco mais da degustação.

Bodega Vinícula Salentein 16-1Assim que terminamos a degustação, voltamos para o espaço Killka, onde fica a Galeria de Arte, o Restaurante (próxima postagem) e o Espaço Killka Salentein, onde podemos comprar vinhos e souvenirs da vinícola.

Bodega Vinícula Salentein 17-1 Bodega Vinícula Salentein 18-1A visita com a degustação saiu por 60 AR$ e durou aproximadamente 1 hora e 30 minutos. Começamos com um vídeo de 15 minutos e logo seguimos para a visita, recorrendo um pequeno pedaço de vinhedo que dá acesso a “bodega” e para finalizar, a degustação de 3 vinhos varietais da linha Salentein Reserve. Este tour também te dá acesso ao Colección Killka, a galeria de arte da vinícola e a Capela. É preciso fazer reserva por telefone ou por e-mail.

 
Bodegas Salentein
Ruta 89 s/n, Finca La Pampa
Los Arbole, Tunuyan – Mendoza, Argentina
+54 02622 429 500
reservas@killkasalentein.com
www.bodegasalentein.com
 
  
Stéphanie

Sobre Stéphanie

Stéphanie Calderaro é formada em Artes Culinárias pelo Instituto de Artes Culinárias Mausi Sebess na Argentina. Morou dois anos em Paris, onde estudou na L'ecole Lenôtre Paris e desfrutou da maravilhosa Pâtisserie e Boulangerie francesa. Também fez estágios na Inglaterra e Espanha. Suas postagens são cheias de informação e suas receitas simples com um toque gourmet.
Esta entrada foi publicada em Argentina, Viagens e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>