Tagliatelle com Jamón Crudo, Ervilha Fresca e Manchego Viejo

Este Tagliatelle tem seus ingredientes inspirados na cozinha Espanhola, apesar do nome meio complicado, a receita é simples e rápida.

Tagliatelle com Jamón Crudo, Ervilha Fresca e Manchego Viejo 2

Tagliatelle com Jamón Crudo, Ervilha Fresca e Manchego Viejo

Tempo de Preparo

1 hora

Rendimento

4 porções

Custo

Médio-Baixo

400 gramas tagliatelle
q/n de água filtrada
6 fatias de jamón crudo ou prosciutto
q/n de azeite de oliva
1 talo de alho-poro (parte branca)
300 gramas de ervilha fresca
6 tomates tipo italiano (maduros)
1/2 colher (sopa) de maisena
q/n de sal
q/n de pimenta do reino
q/n de queijo Manchego Viejo
q/n de salsinha fresca

Coloque água para ferver em uma panela com um pouco de sal. Forre uma assadeira com papel manteiga, disponha as fatias de jamón crudo, sem sobrepor, leve ao forno preaquecido a 180º C até dourar e ficar levemente crocante, retire do forno e espere esfriar e quebre em pedaços pequenos, reserve. Lave e corte o tomate em quatro, bata no liquidificador e coe, reserve. Lave e corte em cubos pequenos o alho-poró. Aqueça uma frigideira com um pouco de azeite de oliva e coloque o alho-poró, refogue por alguns minutos em fogo baixo, sem deixar queimar ou dourar, adicione as ervilhas frescas, refogue por alguns, condimente com sal e pimenta do reino. Em seguida, adicione o tomate batido e cozinhe por 2 a 3 minutos. Misture a maisena com duas colheres de água filtrada e coloque no molho, deixe engrossar e apague o fogo. Por ultimo, coloque o macarrão para cozinhar e assim que estiver no ponto desejado, adicione a massa ao molho, coloque um pouco da água do cozimento do macarrão no molho e refogue por alguns minutos. Sirva em seguida com algumas folhas de salsinha fresca, jamón crudo em pedaços e lascas de queijo manchego viejo.

Dica Là Mere

Se você estiver usando ervilha fresca congelada, retire-as do freezer no momento de adicionar à receita, não deixe descongelando com antecedência! O queijo manchego viejo é um queijo duro, de origem espanhola, pode ser trocado por grana padano, pecorino ou parmesão.

  
Stéphanie

Sobre Stéphanie

Stéphanie Calderaro é formada em Artes Culinárias pelo Instituto de Artes Culinárias Mausi Sebess na Argentina. Morou dois anos em Paris, onde estudou na L'ecole Lenôtre Paris e desfrutou da maravilhosa Pâtisserie e Boulangerie francesa. Também fez estágios na Inglaterra e Espanha. Suas postagens são cheias de informação e suas receitas simples com um toque gourmet.
Esta entrada foi publicada em Defumados & Embutidos, Massas, Grãos & Cereais, Receitas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>