Salada de Beterraba com Gorgonzola

Salada de Beterraba com Gorgonzola 1

Salada de Beterraba com Gorgonzola

Tempo de Preparo

30 minutos

Rendimento

4 porções

Custo

Baixo

2 beterrabas
1/2 xícara (chá) de água filtrada
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de aceto balsâmico
q/n de sal
q/n de pimenta do reino preta
100 gramas de Gorgonzola
2 colheres (chá) de gergelim

Descasque e corte em cubos a beterraba, coloque em uma tigela de vidro junto com a água filtrada e cubra com filme plástico, faça alguns furos e leve ao microondas por 6 minutos. Em seguida, passe por uma peneire para retirar a água. Em uma frigideira, aqueça o azeite de oliva  e coloque as beterrabas, refogue por 2-3 minutos, adicione o aceto balsâmico e tempera com sal e pimenta do reino preta moída na hora. Deixa mais 2 minutos e retire do fogo, deixe esfriar e acrescente o queijo gorgonzola em cubos e as sementes de gergelim.

Dica Là Mere

Experimente tostar as sementes de gergelim antes de colocar na preparação, elas ficam com uma cor dourada linda, além disso, o cheiro fica mais expressivo e o sabor se intensifica. Você também pode trocar o gorgonzola por outro queijo azul, como o roquefort.

 

  

Dicas da Nutricionista: Macarrão sem culpa!

Macarrão pode SIM fazer parte de uma alimentação saudável e é sobre isso que vamos falar hoje. Confiram as opções saudáveis para você substituir o seu macarrão comum do dia a dia e poder apreciar o macarrão sem culpa.

Macarrão integral

ESCOLHENDO O TIPO DE MASSA

INTEGRAL
Possui muito mais fibras, vitaminas e minerais quando comparado ao macarrão tradicional, além disso, proporciona saciedade por mais tempo.

SEM GLÚTEN
Bifum, macarrão de milho e de arroz. Não possuem glúten em sua composição, por isso a digestão é facilitada. Porém não contém fibras em sua composição.

ESCOLHENDO O TIPO DE MOLHO

Se você optar em fazer do macarrão seu prato único, adicione um tipo de proteína animal ao seu molho, dê preferência para a carne branca (atum, salmão, frango), ovos mexidos ou queijos magros (muçarela de búfala, ricota ou queijo cottage).

Para os molhos, sempre que possivel, opte por um molho caseiro como o de tomate, pesto ou alho e óleo.

Os vegetais devem ser sempre adicionados ao seu molho de macarrão, pois são fontes de fibras, vitaminas e minerais e ajudam a proporcionar a saciedade por mais tempo. Boas opções são: tomate cereja, brócolis, aspargos e cenoura.

Evite os molhos brancos a base de leite e creme de leite. Sigam as dicas e bom apetite!

Ps.: Ainda está nas bancas a revista BOA FORMA do mês de junho com a matéria completa que dei sobre os superpoderes da