Dica de Restaurante: Chez L’Ami Martin – Rio de janeiro

Essa não foi minha primeira vez no restaurante Chez L’Ami Martin, ano passado, quando o restaurante ainda existia no Leblon, comemoramos nosso aniversário de casamento por lá. A casa estava lotada, o atendimento era muito simpático e ainda existia o menu Itaú Personnalite, que era delicioso. Queríamos voltar lá para reviver essa experiencia bacana e aproveitar para fazer a matéria para o blog.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 11Dia 12 de junho, decidimos em cima da hora comemorar o dia doa namorados, já que não esta nada fácil dar uma escapadinha de casa (a Milena está com 5 meses de idade). Liguei para fazer a reserva e descobri que agora a casa só está no Fashion Mall em São Conrado, o que foi muito estranho saber, já que o restaurante vivia lotado e cheio de artistas, acredito ser mais um caso dos altos alugueis no Leblon. Mas emfim, reserva feita, era só se arrumar e ir.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 4Começamos a noite com um vinho francês, varietal de uva Carignan da Domaine Lafage, feito na região de Lanquedoc-Roussillon no sul da França.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 5Apesar de saboroso, este vinho não é muito marcante, não tinha muito corpo e no final do jantar você não leva ele na memória. A garrafa custou 115,00 R$ e a água com gás 6,00 R$.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 1Quando vou a um restaurante, dificilmente eu peço uma salada de entrada, mas dessa vez, essa me pareceu bem tentadora. Chêvre “Chavignole”, queijo de cabra Chavignole, empanado com farinha de nozes e amêndoas, servido com torrada quente, frutas frescas, mix de folhas temperadas com azeite de avelã e presunto cru.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 2Achei um pouco exagerada, com muitos elementos, se você reparar ali no fundo (na primeira foto) tem uma beterraba e um purê de berinjela, na frente tem mais nozes, tomate, uvas, figos… Ufa! Ainda tem o tamanho da porção, achei muito grande, fiquei praticamente satisfeita, só pedi o prato principal porque queria colocar a matéria completa no blog, caso contrário teria ficado só com a salada, que custou 40,00 R$.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 3O Ariel escolheu o La “Gauffre salé” Specialitée de la Maison, um waffle da casa com receita exclusiva do Chef Pascal Jolly, assado na hora e coberto com queijo burrata italiano, tomate assado, fatias de presunto cru, azeitonas e folhas de rúcula, temperados com azeite extra virgem, flor de sal e pimenta do reino moída na hora. No site do restaurante você pode acessar o menu, que diz que a receita é perfeita para compartilhar entre duas pessoas, mas no menu do restaurante isso não vem escrito, o resultado foi mais uma entrada grande, deixando quase impossível pedir o prato principal. Preço: 52,00 R$.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 7De prato principal, pedi o único prato de cordeiro da casa. L’épaule Braisée, paleta de cordeiro, assada com mix de especiarias provençais e ervas frescas, servida com risoto de aspargos frescos, legumes da horta e molho de cordeiro defumado de hortelã fresca.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 8Meu único “problema”: o prato veio com um pedaço de filme plástico! Eu até entendo, a carne é desfiada e para dar o formato aredondado a carne é “enrolada” e depois “selada” com o filme plástico para poder manter a forma, mas isso não justifica um restaurante do nível esquecer ela no prato do cliente, ainda mais quando o Chef está na casa, dando voltas pelo salão. A minha sorte foi ter encontrado antes de levar a boca, mas outra pessoa poderia ter engasgado ou até mesmo engolido. Preço do prato: 78,00 R$.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 9O Ariel pediu outro prato Clássico da casa, En escalopes aves des pâtes, Paillard de filé mignon com tagliatelini ao molho de parmesão Grana Padano. A carne estava saborosa mas o Ariel fez muito “caso” com a massa, ele afirmou que parecia massa de “mercado” (não confirmamos a suposição) e o molho não era nada que não poderíamos fazer em casa. O prato custaria 60,00 R$, mas não foi cobrado, devido aos “erros” da casa.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 10Pedir ou não pedir sobremesa? Depois de tão fartos pratos, resolvemos pedir a sobremesa somente para poder colocar no blog, já que estavamos bem satisfeitos. Pedimos uma sobremesa especial para o dia dos namorados, Farandole de desserts, mix de mini sobremesas do Chef: Mini creme brullé com banana, profiteroles da casa, o famoso Pain Perdue e uma bola de sorvete de baunilha de bourbon em uma coroa de caramelo. Pediria de novo? Nãoo! O chantilly do Pain Perdue era de caixinha, não era fresco (dá para notar só pela cor!), a única coisa realmente notável era o sorvete de baunilha, uma delicia, mas não é fabricado no restaurante, no cardápio o Chef agradece um tal de amigo Feliz pelos sorvetes. O prato custou 22,00 R$.

Dica de Restaurante - Chez L'Ami Martin 12A conta final ficou em 313,00 R$ mais 12% de serviço, com um total de 350,56 R$. Uma média de 175,28, sem esquecer que o prato com a massa não entrou na conta! O serviço foi muito atencioso e cordial, as taças estavam sempre cheias e a mesa estava sempre limpa, o espaço é muito elegante e acolhedor. Fomos os últimos a ir embora do restaurante, por volta das 11:30 da noite e os garçons começaram a “limpar” o salão quando a gente ainda estava no sobremesa e ainda faltava vinho para tomar, um pouco deselegante para o nível do restaurante.

Se eu voltaria lá? Acredito que não. Se eu recomendo? Por enquanto não. Serviço recebido no dia 12-06-2014.

Chez L’Ami Martin
Fashion Mall
Estrada da Gávea, 899
São Conrado, Rio de Janeiro
Telefone: (21) 3322 2005 ou 3322 2698
www.chezlamimartin.com.br

CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO
As postagem refletem somente a opinião dos autores do blog conforme a experiência no restaurante ou estabelecimento. Todas as dicas deste blog seguem um critério pessoal.

Para a avaliação são usados nossos conhecimentos e experiências vividas, tanto no Brasil e Argentina como nos anos morados na Europa (França, Inglaterra e Espanha) e os mais de 15 países visitados ao longo do tempo. Nossas avaliações também refletem nossa experiencia de anos trabalhando em restaurantes, hotéis e confeitarias de todo o mundo.

  
Stéphanie

Sobre Stéphanie

Stéphanie Calderaro é formada em Artes Culinárias pelo Instituto de Artes Culinárias Mausi Sebess na Argentina. Morou dois anos em Paris, onde estudou na L'ecole Lenôtre Paris e desfrutou da maravilhosa Pâtisserie e Boulangerie francesa. Também fez estágios na Inglaterra e Espanha. Suas postagens são cheias de informação e suas receitas simples com um toque gourmet.
Esta entrada foi publicada em Brasil, Restaurantes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>